quinta-feira, 22 de abril de 2010

Assim o futuro ficará bem mais próximo

O "ENGENHO BIS" DA TECNOLOGIA DIGITAL TERNÁRIA

APRESENTADO NA SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA o código usado por Fowler ao invés de representar as potências de 3 usava apenas os sinais dos coeficientes, ou seja: 2 = + - ; 6 = + - 0 ; 12 = + + 0. Por que se recriou a máquina? R: Para convencer a comunidade científico-matemática da imperdível oportunidade de reviver o espírito Bandeirante no sentido de desbravar e expandir os domínios de uma nova pesquisa científico-tecnológica, cujos fundamentos foram aplicados em madeira por Fowler há 166 anos, replicada agora em fibra de madeira, e mesmo dispondo de todas estas motivações ficamos na iminência de perder mais esta corrida que consiste em pesquisar o correspondente desenvolvimento eletrônico. Veremos em vídeo a versão moderna em fibra, do antigo engenho em madeira, que levou 8 meses para ser reconstruída por Pamela Vass (a quem peço desculpas pela omissão temporária), David Hogan e Mark Glusker (Engenheiros do UK) que me autorizaram a desenvolver a versão tupiniquim concluída em 2 meses e encontra-se na Seção de Informática do CMF.

José Maria dos Santos

(santos@fgf.edu.br)

Engenheiro Militar - M.Sc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: