sexta-feira, 22 de abril de 2011

EUA condenam homem a dois anos de prisão por ataque a sites

Um homem americano que lançou ataques com vírus contra cerca de 100 mil computadores e sites de meios de comunicação que publicavam artigos adversos foi condenado nesta sexta-feira a dois anos de prisão.

Bruce Raisley, 48, foi condenado pelo juiz Robert Kugler do distrito de Nova Jersey após um veredicto de culpa pronunciado por um júri em setembro passado após seis dias de deliberações.
Raisley lançou ataques contra computadores e sites em diferentes partes do mundo com o objetivo de impedir a difusão de artigos de imprensa que considerava adversos.

A curiosa história de Raisley começa há alguns anos, quando era voluntário da organização Justiça Perversa, que participava do programa "À caça de predadores", da NBC, e cujo objetivo é identificar e capturar pedófilos.

Segundo a promotoria, após colaborar com o grupo e seu fundador Xavier Von Erck, Raisley teve uma briga com este último, que se vingou fazendo-se passar por uma mulher e entabulando com ele uma relação enganosa por meio da internet.

Von Erck, sob o apelido feminino "Holly", convenceu Raisley a abandonar sua mulher por "ela" e marcou um encontro com ele em um aeroporto, onde um fotógrafo de Justiça Perversa registrou sua presença.

A história terminou nas páginas de várias revistas, incluindo "Radar" e "Rolling Stone", que foram, por sua vez, reproduzidas por outros sites no mundo inteiro.

Para tentar impedir a divulgação destes artigos, Raisley desenvolveu um vírus para disseminá-lo para cerca de 100 mil computadores por meio da internet, e dali lançar ataques destinados a saturar os acessos do público aos sites dos meios que os publicavam.

Os sites da "Rolling Stone", "Radar" e "Nettica", entre outros, sofreram perdas de mais de US$ 100 mil devido a este ataque, razão pela qual o juiz Kugler também condenou Rayles a restituí-los com cerca de US$ 90 mil.

Fonte: Folha de São Paulo 
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: