sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Apple deixará de pré-instalar Flash nos Macs

A Apple anunciou na sexta-feira que deixará de despachar os computadores Macintosh com o software Adobe Flash pré-instalado, em um reforço das medidas que a empresa vem adotando contra o software. 

A decisão da Apple não exclui o Flash de seus computadores --como a empresa fez com o iPhone e o iPad. Os usuários ainda poderão baixar e instalar um player de Flash, software muito usado para assistir a vídeos online. 

A Apple vem expressando hostilidade ao Flash publicamente, e seu presidente-executivo, Steve Jobs, o descreveu como programa repleto de defeitos e que causa consumo excessivo de energia. A Adobe rebateu afirmando que a Apple é indevidamente restritiva.

Além disso, a Apple proibiu programadores de usar Flash na criação de aplicativos para seus aparelhos móveis, mas desistiu da medida no mês passado depois de investigações das autoridades regulatórias norte-americanas. 

Bill Evans, porta-voz da Apple, disse que a empresa simplesmente queria garantir que os usuários tenham a versão mais recente do software, que passa por constantes atualizações. 

"Continuaremos a apoiar com alegria o uso do Flash no Mac, e a melhor maneira de os usuários terem sempre a versão mais segura e atualizada é que a baixem diretamente da Adobe", disse. 

No começo do ano, Steve Jobs, executivo-chefe da Apple, lançou uma ofensiva contra o Flash.
                                               

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: