quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Telebras negocia preço para implantação de internet

A Telebras negociou  um preço mais baixo para o fornecimento dos primeiros equipamentos para o PNBL (Plano Nacional de Banda Larga).A única empresa com produção nacional a participar, a Padtec, foi a que ofereceu o pior preço: R$ 68,9 milhões. 

A produção local é uma das exigências do plano, com base em medida provisória que determina a prioridade para componentes nacionais.Contudo, a empresa reduziu o seu lance para R$ 63,1 milhões, valor inferior às demais propostas. 

O leilão ainda não foi encerrado, e a empresa ainda não é oficialmente a vencedora da licitação. A Telebras ainda vai analisar sua planilha de custos para finalizar o pregão.A previsão do governo é de começar a conectar as primeiras cidades do plano ainda em dezembro. 

Fonte: Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: