quarta-feira, 2 de março de 2011

Remoção segura de pen drive


Tirar o pen drive sem usar o "Remover Hardware com Segurança" o faz queimar?

Elias
“Queimar” é uma palavra usada para descrever erros diversos (e até azia). Um pen drive pode sofrer um curto circuito por defeito nele ou na porta USB – principalmente defeitos relacionados ao fornecimento de energia.

Alguns usuários relatam na internet que tiveram um pen drive queimado por não realizarem esse procedimento, mas isso ocorreu provavelmente por outros motivos, como uma placa-mãe ruim, componentes elétricos com defeitos no PC e no pen drive e até energia estática (um pen drive opera com no máximo 5V).

A opção de “Remover Hardware com Segurança”, porém, tem uma função bem específica e importante. Ela certifica que todas as operações de entrada e saída (E/S) da porta USB terminaram.
Por motivos técnicos, o sistema não consegue fornecer, com 100% de precisão, o andamento das atividades em portas USB. Isso significa que um arquivo que aparentemente já terminou de ser copiado pode ainda estar sendo copiado, e remover o pen drive nesse momento pode significar a gravação de um arquivo corrompido ou incompleto.
Daí a importância de sempre remover um hardware com segurança – garantir que as operações de gravação e leitura foram finalizadas para não danificar os arquivos, nem a memória flash do pen drive. No mais, embora possa existir uma chance de defeitos diversos na memória por conta de remoção insegura, na maioria dos casos em que isso acontece a causa é outra.

Observe ainda que o Windows possui uma configuração que altera a forma como o sistema gerencia dados em um pen drive. Se essa configuração for alterada do padrão, os riscos de perda de arquivos com a remoção insegura são muito maiores.
Fonte: portal G1, http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/02/pacotao-de-seguranca-atualizacoes-do-windows-pen-drives-e-pirataria.html
* Altieres Rohr é especialista em segurança de computadores e, nesta coluna, vai responder dúvidas, explicar conceitos e dar dicas e esclarecimentos sobre antivírus, firewalls, crimes virtuais, proteção de dados e outros. Ele criou e edita o Linha Defensiva, site e fórum de segurança que oferece um serviço gratuito de remoção de pragas digitais, entre outras atividades. Na coluna “Segurança digital”, o especialista também vai tirar dúvidas deixadas pelos leitores na seção de comentários. Acompanhe também o Twitter da coluna, na página http://twitter.com/g1seguranca.
 
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: