quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Confira testes e tabela de preços de ligações do Skype e do Gmail

Com preços agressivos e uma gigantesca base de usuários, o Google ampliou a função de ligações telefônicas por meio do Gmail, que antes funcionava em inglês nos EUA e no Canadá, para 38 idiomas.

O Skype, por sua vez, lançou um aplicativo otimizado para iPad e atualizou a versão para smartphones equipados com Android.

A gigante das buscas sai na frente quando o assunto é preço, mas o Skype tem mais opções de pagamento e oferece videochamadas entre uma gama maior de dispositivos.

Confira os testes de ambos os serviços, feitos pela Folha:

Editoria de Arte/Folhapress

GMAIL

E-mail, backup de arquivos, mensageiro instantâneo com videoconferência, gerenciador de múltiplas contas de correio eletrônico.

O Gmail, que já desempenha todas essas funções e, para muitas pessoas, representa parte essencial da vida virtual, ganhou uma atualização que promete tornar essa relação de dependência mais forte ainda.

O serviço, que já estava disponível em inglês (nos EUA e no Canadá), agora suporta 38 idiomas e realiza chamadas telefônicas para telefones fixos e celulares, nacionais ou internacionais, pelo próprio serviço de e-mail do Google.

O usuário do Gmail pode comprar créditos para as ligações em quatro moedas: euro, libra, dólar americano e dólar canadense.

Nos testes feitos pela Folha foram feitas chamadas locais e interurbanas. A qualidade do som é boa, semelhante à do Skype, embora ele capte mais ruído ambiente e seja um pouco mais baixo, mas nada que comprometa o entendimento da ligação.

A ferramenta é integrada ao bate-papo do Gmail e é bem fácil de usar.

Se em sua conta o serviço estiver disponível (ele está sendo implementado aos poucos), você verá um ícone verde em forma de telefone.

Ao clicar nele, abre-se uma nova janela em formato de teclado numérico de telefone -é preciso instalar um plug-in antes de usar o serviço pela primeira vez. É por essa janela que o usuário vai fazer a ligação, monitorar as chamadas feitas, saber quanto foi gasto em cada uma delas e quantos créditos restam.

SKYPE

Usuários do iPad podem finalmente acessar uma versão do Skype otimizada para o tablet da Apple.

Desde o início da semana passada, o aplicativo oficial do serviço está disponível para download gratuito na loja virtual App Store.

Já era possível usar o Skype no iPad aproveitando o aplicativo lançado para iPhone em 2010. Mas tratava-se da versão otimizada para o celular da Apple -a recém-lançada está mais limpa e aproveita bem o espaço da tela de 9,7 polegadas do iPad.

É importante lembrar que apenas o iPad 2 faz videochamadas; a primeira versão do tablet suporta apenas voz e não tem câmera.

O Skype para iPad permite fazer e receber chamadas de vídeo gratuitamente entre usuários do programa.

A conexão com a internet pode ser via Wi-Fi ou 3G, embora as conversas por Wi-Fi funcionem muito melhor.

O aplicativo realiza chamadas de vídeo em qualidade VGA também para outras plataformas, como Windows, OS X e Android, entre outros. Também está disponível para download no Android Market uma nova versão do Skype para o sistema.

Com essa atualização, agora é possível realizar e receber chamadas de vídeo no Android 2.2 Froyo, que equipa aparelhos como o Galaxy S II, o Galaxy S e o Galaxy Tab, da Samsung; o Flyer e o Sensation, da HTC; e o Xperia Play e o Mini Pro, da Sony Ericsson.

Os celulares com Android 2.2, no entanto, só podem usar a câmera traseira para chamadas de vídeo.

Fonte: ALEXANDRE ORRICO, via Folha.com
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Recentes: